Geral

Reunião discute aprimoramento do Cartão Creche – Agência Brasília

Publicado

em


“Este encontro é fundamental para alinharmos o avanço do programa em todo o Distrito Federal”Danillo Ferreira, subsecretário de Fomento ao Empreendedorismo da SDE

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) realizou, nesta quinta-feira (27), reunião com empresários e donos de creches no Distrito Federal para tirar dúvidas e dar orientações sobre o credenciamento, análise e regulamentação do Programa Cartão Creche, transformado na Lei Distrital (nº 7.064/22).

O encontro contou com a presença do subsecretário de Fomento ao Empreendedorismo da SDE, Danillo Ferreira; do subsecretário de Apoio às Políticas Educacionais (Suape) da Secretaria de Educação, Isaias Aparecido da Silva; dos representantes do Banco de Brasília (BRB), Gleison Lima e Ricardo Marques; da presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal (Sinepe-DF), Ana Elisa, e da deputada distrital Jaqueline Silva.

Reunião na sede da Secretaria de Desenvolvimento Econômico debateu o programa Cartão Creche com empresários | Foto: Divulgação/SDE

“Este encontro é fundamental para alinharmos o avanço do programa em todo o DF. Os representantes das creches puderam exemplificar assuntos fundamentais para o aprimoramento do Cartão Creche e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico está empenhada em buscar essas soluções”, destacou o subsecretário Danillo Ferreira.

A deputada distrital Jaqueline Silva enalteceu os esforços do GDF na transformação do programa e reforçou a necessidade de ampliação dos números de vagas para as creches. “Faço questão de parabenizar o governador Ibaneis Rocha pela sensibilidade em atender nossos pedidos em prol das crianças da nossa cidade nesse programa. Nosso outro apelo é para que mais crianças possam ser atendidas. Sabemos a importância da creche para tantas famílias e esse tem que ser um objetivo a ser alcançado”, disse.

O subsecretário de apoio às Políticas Educacionais, Isaias Aparecido da Silva, prometeu esforços complementares da Secretaria de Educação. “Quero nos colocar à disposição para fazermos uma comunicação direta entre os envolvidos nos programas e solucionar as questões que foram colocadas na reunião”, frisou.

Cartão Creche

O Cartão Creche foi lançado em fevereiro de 2020 pelo governador Ibaneis Rocha. Na época, o chefe do Executivo informou que o programa visava reduzir o déficit de 20 mil pedidos para vagas de creche. Por meio de um cartão magnético, é disponibilizado o pagamento mensal a um responsável legal do beneficiário, que faz o pagamento da mensalidade à instituição educacional privada credenciada.

O programa Cartão Creche transformou-se em Lei Distrital (nº 7.064/2022), sancionada no último dia 12 de janeiro de 2022.

*Com informações da SDE

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook

Geral

Empresas de telefonia e energia elétrica lideram ranking de atendimentos do Procon Goiás em junho

Publicados

em

Órgão de defesa do consumidor registrou 7.113 atendimentos nas modalidades presencial, web e telefone durante o mês passado

Em atendimento à Lei de Acesso à Informação (LAI), o Procon Goiás divulgou, nesta terça (05/07), os rankings de atendimento dos consumidores relativos ao mês de junho deste ano. A empresa de telefonia Claro e a concessionária de energia elétrica Enel estão no topo das reclamações registradas no período.

O ranking é composto por dados de duas plataformas de atendimento do órgão: Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec), que reúne registros formalizados presencialmente e por telefone; e Procon Web, responsável pelas demandas apresentadas no formato on-line.

Somente no primeiro grupo foram contabilizados 1.493 atendimentos em junho. No primeiro lugar entre as empresas mais reclamadas está a Claro S/A (telefonia móvel), com 50 registros, seguida pela Caixa Econômica Federal, com 35 casos, e Banco Pan, com 32 solicitações inscritas na plataforma.

Já o segundo ranking corresponde, respectivamente, à soma do número de denúncias e reclamações registradas na plataforma Procon Web, totalizando 4.408 reclamações, 373 denúncias, 133 dúvidas, além de 624 bloqueios de telemarketing e 82 cálculos solicitados pelos consumidores. Em junho, as três empresas mais reclamadas foram Enel, com 119 registros; Claro Móvel, com 86 registros; e Tim, com 49 registros.

As listas completas podem ser acessadas pelo site procon.go.gov.br.

Denúncias
O consumidor pode fazer denúncias junto ao Procon Goiás pelo telefone 151 (Goiânia) ou (62) 3201-7124 (interior). Já as reclamações podem ser feitas presencialmente na sede do órgão (Rua 8, n 242, Ed. Torres, Centro de Goiânia) ou pela internet, por meio do canal Procon Web (proconweb.ssp.go.gov.br).

Foto: Secom / Procon Goiás – Governo de Goiás

Comentários do Facebook
Continue lendo

MAIS LIDAS DA SEMANA