Geral

Nos Caminhos de Ogun terá 2º ciclo neste fim de semana

Publicado

em


“Este projeto é de muita importância para os nossos jovens, pois promove o livre exercício de crença de cada um e incentiva o respeito às religiões de matriz africana, além de debater assuntos importantes no que tange ao protagonismo da juventude no mercado de trabalho”Marcela Passamani, secretária de Justiça e Cidadania

O segundo ciclo de debates sobre renda e questões de gênero e raça do projeto Nos Caminhos de Ogun, realizado pela Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) em parceria com a Associação Ilê Xaxará de Prata, será neste sábado (15) e domingo (16). O projeto tem como foco os jovens da cidade de Planaltina, de 17 a 34 anos, das comunidades e unidades tradicionais.

O debate tem como pano de fundo a conscientização contra a intolerância religiosa e a disseminação de informações sobre a valorização das entidades de matriz africana na capital.

“Este projeto é de muita importância para os nossos jovens, pois promove o livre exercício de crença de cada um e incentiva o respeito às religiões de matriz africana, além de debater assuntos importantes no que tange ao protagonismo da juventude no mercado de trabalho”, afirma a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

Segundo o subsecretário de Políticas de Direitos Humanos e de Igualdade Racial da Sejus, Juvenal Araújo, essa é uma importante oportunidade para os jovens mostrarem todo o potencial político e de justiça social que os terreiros possuem.

“Os terreiros sempre foram espaços de formação nas áreas de saúde, capacitação, acolhimento, para além de sua função religiosa. Valorizar a força dessas casas é um compromisso coletivo para construirmos perspectivas de paz para o povo de axé, para a população negra e para todos em geral.  É por esses jovens que estamos lutando por um futuro próspero, sem intolerância religiosa”, explica.

O evento será realizado de forma presencial e virtual, com transmissão pelo Instagram @xaxaradeprata. O terceiro ciclo do projeto Nos Caminhos de Ogun – Juventude, Trabalho/Emprego e Renda está previsto para 12 e 13 de fevereiro, no mesmo endereço.

Contexto histórico

Ogun é considerado o pai da ciência e invocado para proteger as casas e abrir os caminhos para o trabalho, para a vida digna e para a manutenção da comunidade. É conhecido como o senhor do ferro, das forjas, da metalurgia, da agricultura e da tecnologia.

Ciclo 2 – Nos Caminhos de Ogun: Juventude, Trabalho/Emprego e Renda

  • Sábado (15), das 9h30 às 17h
  • Domingo (16),  9h30 às 18h
  • Local: Rodovia DF 130, Km 05,  Núcleo Rural Sítio Agrovale e Chácara 04, Planaltina, DF
  • Transmissão pelo Instagram @xaxaradeprata

Acesse aqui a programação.

*Com informações da Secretaria de Justiça e Cidadania

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook

Geral

Senado, Marconi Lidera seguido de perto por Delegado Waldir

Publicados

em

A TV Gazeta e o Jornal Gazeta do Estado em parceria com o instituto voga, foram os primeiros veículos de comunicação de Goiás a realizar e divulgar uma pesquisa eleitoral para as eleições de 2022, a primeira pesquisa foi realizada ainda em 2021, no final de dezembro, de lá pra cá já são 4 pesquisas.

A pesquisa foi realizada do dia 25 ao dia 28 de abril de 2022, em Goiás. Foram entrevistados 807 eleitores goianos com 16 anos ou mais, em todo o estado.

O grau de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro é de 3,5% para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o número BR-04000/2022  e no Tribunal Regional Eleitoral com o número GO-05476/2022, pesquisa Voga/Gazeta foi encomendada pela ACIAG – Associação Comercial e Industrial de Aparecida de Goiânia.

Para Senador de Goiás, na modalidade espontânea, quando o entrevistador não apresenta opções, 83,40% não souberam responder, 0,12% votariam em Wolmir Amado, 0,12% votariam em Telemaco Brandão, 0,12% citaram Wilder Morais, 0,12% votariam em Wanderlan, 0,12% votariam em Ronaldo Caiado, 0,25% votariam em Gustavo Mendanha, 0,50% votariam em Kajuru, 0,50% votariam em Luiz do Carmo, 0,50% votariam em João Campos, 0,74% citaram Alexandre Baldy, 1,12% votariam em Zacarias Kalil, 1,86% votariam em Delegado Waldir, 2,23% votariam em Marconi Perillo, 3,72% votariam nulo e 4,58% não votaria em nenhum candidato.

Na modalidade estimulada, quando o entrevistador aponta possíveis candidatos a Senador por Goiás, se as eleições fossem hoje, 28,13% não votaria em nenhum candidato, 19,95% não souberam responder, 11,15%% citaram Marconi Perillo, 8,92% votariam nulo, 8,43% votariam em Delegado Waldir, 6,69% votariam em Zacarias Kalil, 4,71% votariam em Alexandre Baldy, 4,58% votariam em branco, 4,58% votariam em João Campos, 1,61% votariam em Luiz do Carmo e 1,49% votariam em Wilder Morais.

Nas próximas edições você irá conferir a intenção de votos dos eleitores para Deputado Federal e Deputado Estadual.

Joice Gabriela

Comentários do Facebook
Continue lendo

GOIÁS

MINAS GERAIS

DISTRITO FEDERAL

POLÍTICA NACIONAL

MAIS LIDAS DA SEMANA