Goiás

Assessoria vai garantir conclusão de obras das Escolas do Futuro

Publicado

em


Convênio realizado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Inovação (Sedi) e a Caixa Econômica Federal (CEF) se transformou em um case de sucesso para o Governo de Goiás. A instituição financeira está analisando o que foi gasto, como foi gasto e a real situação das obras das cinco Escolas do Futuro do Estado de Goiás para entrega de relatórios de execução: documental, orçamentário, vistoria in loco (situação atual), parecer quanto a conclusão da obra e apoio na prestação de contas. Com os documentos em mãos, a Sedi poderá realizar uma conciliação de contas junto às construtoras.

Superintendente de Capacitação e Formação Tecnológica da Sedi, José Teodoro Coelho explica que existem pendências entre o que foi realizado pelas empreiteiras nas escolas e o que foi pedido pela administração pública nos projetos, e vice-versa. “A consultoria da Caixa vai garantir a fidedignidade entre o que foi pedido no projeto e o que foi executado pela construtora, de modo que o Governo de Goiás só pague aquilo que realmente é devido, ou seja, o que foi executado.”

Atualmente, as cinco Escolas do Futuro do Estado de Goiás encontram-se com mais de 90% das obras concluídas. No entanto, o impasse financeiro entre as construtoras e a Sedi impede a conclusão dos estabelecimentos de ensino. A previsão da Caixa é de entregar todos os relatórios em outubro. “Conseguimos encontrar o caminho das pedras para finalizar estas obras. Agora, os demais órgãos e empresas públicas podem fazer o mesmo. Essa consultoria vai permitir a tomada de decisão eficiente e adequada na finalização destes empreendimentos”, avalia Teodoro.

Histórico

As cinco Escolas do Futuro do Estado de Goiás começaram a ser construídas em 2015. Elas são fruto de convênio com o Ministério da Educação (MEC), que tem um projeto nacional de escolas padrão 1.200. No entanto, o projeto, segundo as construtoras, se mostrou deficitário em Goiás e precisou ser adequado. As empresas alegam terem realizados serviços não previstos no projeto original, que, segundo elas, eram necessários e pediram indenizações.

O Governo de Goiás, por meio da Sedi, no início de 2019, não concordou com os ajustes pedidos nos valores dos contratos para finalizar a obras, e surgiu o impasse. “Com a consultoria da Caixa, tenho certeza de que sanaremos essas pendências”, afirma Teodoro. “Esse é um problema comum na execução de obras públicas. Nem sempre o poder público consegue ter um acompanhamento eficiente para garantir a fidedignidade entre o projeto e a entrega da obra final e realizar o pagamento adequado”, conclui.

Fonte: Secretaria de Desenvolvimento e Inovação (Sedi-GO)

Fonte: Governo GO

Comentários do Facebook
Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Goiás

Goiás tem 18.554 mortos e 657.301 infectados

Publicados

em


A Secretaria da Saúde de Goiás (SES-GO) informa que há 657.301 casos de coronavírus 2019 (Covid-19) no território goiano. Destes, há o registro de 626.765 pessoas recuperadas e 18.554 óbitos confirmados. No Estado, há  488.131 casos suspeitos em investigação. Já foram descartados 285.966 casos.

Há 18.554 óbitos confirmados de Covid-19 em Goiás até o momento, o que significa uma taxa de letalidade de 2,83%. Há 341 óbitos suspeitos que estão em investigação.​

Doses aplicadas
Levantamento realizado pela SES-GO apurou que, referente à primeira dose, foram aplicadas 1.997.863 doses das vacinas contra a Covid-19 em todo o Estado. Em relação à segunda dose, foram vacinadas 687.251 pessoas. Esses dados são preliminares e coletados no site Localiza SUS do Ministério da Saúde.

Conforme pactuado na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), as Secretarias Municipais de Saúde devem registrar, de forma obrigatória, as informações sobre as vacinas administradas no módulo Covid-19 do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SI-PNI Covid-19).

Em relação às vacinas, o Estado já recebeu 3.638.830 doses de imunizantes, sendo 1.408.580 da CoronaVac, 1.956.470 da AstraZeneca e 273.780 da Pfizer.

Painel Covid-19

O boletim com as notificações da SES-GO foi informatizado e realiza o processamento dos dados a partir dos sistemas do Ministério da Saúde (e-SUS VE e Sivep Gripe). Eventuais diferenças são justificadas por ajustes nas fichas de notificação pelos municípios, como por exemplo, a atualização do local de residência da pessoa.

Para conferir os detalhes dos casos e óbitos confirmados, suspeitos e descartados, acesse o painel Covid-19 do Governo de Goiás por meio do link http://covid19.saude.go.gov.br/.

Secretaria da Saúde

Fonte: Governo GO

Comentários do Facebook
Continue lendo

GOIÁS

MINAS GERAIS

DISTRITO FEDERAL

POLÍTICA NACIONAL

MAIS LIDAS DA SEMANA