Cidades

Rodovias federais no Sudoeste do Estado serão renovadas

Publicado

em


O governador Ronaldo Caiado participou, nesta quinta-feira (21), em Jataí, no Sudoeste do Estado, do anúncio das obras de renovação das rodovias federais da região, ao lado do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. O evento aconteceu no Sindicato Rural do município, onde foram apresentadas as ações realizadas nas vias sob responsabilidade do governo federal.

A região é referência para o Brasil na produção de leite e grãos, principalmente soja e milho. A renovação da infraestrutura rodoviária do Sudoeste goiano conta, apenas em 2021, segundo informações do Ministério da Infraestrutura, com mais de R$ 30 milhões em investimentos.

Na BR-060, as equipes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) buscam finalizar, até junho de 2023, a concretagem dos blocos de sapatas do prolongamento das pontes na margem esquerda do Rio Claro e revitalizar mais de 100 quilômetros de pistas entre Jataí e Santo Antônio da Barra. Outras frentes de trabalho, na mesma rodovia, são as obras do Contorno Rodoviário de Jataí.

Caiado ressaltou a parceria com o governo federal em outras regiões goianas, que resultaram em reconstruções de rodovias, duplicações de trechos, expansão ferroviária e concessões de vias à iniciativa privada. “Ao se duplicar rodovia e manter estrutura em parceria com o Governo de Goiás, o governo federal tem dado condições de interligar os sistemas ferroviário e rodoviário, transformando nossas plataformas logísticas e dando ao produtor rural goiano a possibilidade de ter rentabilidade e de competir com todos os estados litorâneos do Brasil”, ressaltou o governador.

“O agronegócio é formado por pessoas que acreditaram no improvável e venceram os desafios, com o suor do rosto e as mãos cheias de calos. É necessário que a gente traga agora a infraestrutura para estas pessoas”, projetou o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas. “Este reconhecimento do quanto tem feito por Goiás é nítido e evidente. Só tenho que lhe dizer, muito obrigado. Esta é a palavra do governador do Estado”, disse Caiado ao ministro.

Caiado lembrou o trabalho realizado pela Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) na recuperação da malha rodoviária do Estado e especificamente no Sudoeste goiano, como, por exemplo, a pavimentação da GO-184, conhecida como estrada velha de Caiapônia, em um trecho de 53,9 quilômetros que vai do entroncamento da GO-050 até a GO-220, passando por Montividiu, que conta com investimento total de R$ 73 milhões.

“Esta região disputa o padrão com o que existe de melhor na agricultura no mundo. Somos referência na América Latina. Não adianta tudo isso se não tivermos condições de escoar”, destacou Caiado.

“Este é um momento muito especial para nós. Jataí vive sonhando com a concretização deste Anel Viário desde 2010. Era preciso sensibilidade do ministério, que sei que está atento a isso. O Centro-Oeste goiano é uma das regiões mais pujantes do país”, destacou o ex-deputado federal, Daniel Vilela, natural do município.

Demais obras
Além da BR-060, em Jataí, o governo federal atua em outras duas vias na região: a BR-158 e a BR-364. Na primeira, a retomada da reconstrução do trecho entre Jataí e Caiapônia prevê o alargamento e a duplicação da rodovia, restaurando e eliminando pontos considerados críticos entre o Rio Paraíso e o aeroporto de Jataí. Já na segunda, o Executivo nacional finaliza a reconstrução de 53 quilômetros entre Jataí e Portelândia.

“São grandes obras que já estão em andamento. A modernização e a reestruturação de Jataí até Uberlândia, de Jataí até Caiapônia por Barra do Garças, o Contorno Rodoviário de Jataí que vai retirar o trânsito pesado da cidade e melhorar o transporte de cargas da região”, disse o prefeito de Jataí, Humberto de Freitas Machado, agradecendo ainda ao governador pelos investimentos para a reconstrução da GO-184.

Ainda nesta quinta-feira, será entregue a duplicação completa da BR-050, que dará possibilidade de trafegar desde o perímetro urbano de Catalão até o Estado de São Paulo. O último trecho a ser liberado, entre os quilômetros 309 e 314, fica em Cumari, no Sudeste goiano.

Secretaria de Comunicação

Fonte: Governo GO

Comentários do Facebook
Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Termina nesta quinta (2), em Aparecida, a inscrição para o aluguel social Pra Ter Onde Morar

Publicados

em


O Governo de Goiás recebe, até a próxima quinta-feira (2/12), inscrições de moradores de Aparecida de Goiânia para o programa Pra Ter Onde Morar – Aluguel Social, que vai custear mensalmente em R$ 350 o aluguel de famílias que se enquadrarem no perfil socioeconômico estabelecido pela Agência Goiana de Habitação (Agehab). O município foi escolhido como projeto-piloto da nova linha do programa habitacional do Estado, que se encontra, no momento, na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) para segunda e definitiva votação no plenário. 

“Se tem um ponto do qual nós, no Governo de Goiás, não nos distanciamos, nem um minuto, é de cuidar das famílias mais vulneráveis do Estado”, destaca o governador Ronaldo Caiado. “Somos um governo que trabalha pelo social para chegar às pessoas. Esse é nosso objetivo”, completa.

Para dar agilidade aos trâmites administrativos, a Agehab já iniciou o cadastramento de famílias aparecidenses interessadas. Os primeiros contemplados pelo aluguel social receberão seus cartões para uso do benefício durante o Mutirão Iris Rezende, nos dias 11 e 12 de dezembro, em Aparecida de Goiânia, entre os atendimentos da Agehab previstos para o evento. As inscrições dos interessados deverão ser feitas pela internet, no site www.agehab.go.gov.br, ou pessoalmente na sede da agência, em Goiânia, na Rua 18-A, nº 541, Setor Aeroporto.

O programa de aluguel social visa combater o déficit habitacional no Estado, atendendo aos casos mais urgentes que ferem a dignidade dos cidadãos goianos em situação de vulnerabilidade social. Entre os requisitos para pleitear a participação no programa estão possuir inscrição no  Cadastro Único (CadÚnico) no município de Aparecida de Goiânia, ser pessoa e/ou família em vulnerabilidade socioeconômica, ter mais de 18 anos ou ser emancipado, e morar em Aparecida por no mínimo três anos. Alguns grupos são prioritários como idosos, pessoas com deficiência e vítimas de violência doméstica.

Será concedido auxílio financeiro no valor mensal de R$ 350 para famílias sem casa própria que se enquadrarem nos requisitos e que têm dificuldade de arcar com custos do aluguel, por até 18 meses. Caso haja aval da assistência social da Agehab, ao final desse período, ele poderá ser prorrogado para mais 18 meses, conforme a evolução da situação.

A proposta do Governo de Goiás é subsidiar locação de imóveis até que as famílias estejam aptas a receber nova moradia e atender cerca de 30 mil famílias goianas, conforme demanda detectada por meio de inscrições na Agehab.

Segundo o presidente da agência, Pedro Sales, a iniciativa se propõe a resolver uma situação urgente de parte da população que está sem condição imediata de arcar com o aluguel da moradia e vem complementar outras políticas do Governo de Goiás. “É preciso fomentar o desenvolvimento econômico, ao mesmo tempo em que cuidamos das pessoas que precisam da mão do Estado. É o que o governador Ronaldo Caiado tem dito incansavelmente”, ressalta Sales.

O presidente lembra que o governador é sensível ao cuidado com as mães que precisam alimentar os filhos pequenos, com a permanência do aluno na escola e com o apoio para a família pagar o aluguel para que as pessoas não fiquem em situação de rua. “Todas essas ações são complementares e cercam as famílias de cuidados em um momento de vulnerabilidade. Queremos que elas melhorem de vida e saiam dessa condição, mas é preciso entender as necessidades urgentes do momento e é isso que o programa Pra Ter Onde Morar vai fazer”, reafirma.

Serviço

Assunto: Governo de Goiás recebe inscrições para aluguel social em Aparecida de Goiânia até 2 de dezembro

Quando: Até quinta-feira, dia 2 de dezembro

Onde: pelo site da Agehab www.agehab.go.gov.br ou pessoalmente na sede da agência – Rua 18-A, n° 541, Setor Aeroporto, Goiânia (GO)

Informações ou dúvidas: (62) 3096-5000 ou pelas redes sociais @agehabgoias (Instagram) ou Agehab Goiás (Facebook)

Fonte: Agência Goiana de Habitação (Agehab)

Fonte: Governo GO

Comentários do Facebook
Continue lendo

GOIÁS

MINAS GERAIS

DISTRITO FEDERAL

POLÍTICA NACIONAL

MAIS LIDAS DA SEMANA