Geral

Projeto Forças no Esporte beneficia estudantes do DF

Publicado

em


A secretária de Educação do DF, Hélvia Paranaguá, participou da cerimônia de lançamento oficial do Programa Forças no Esporte (Profesp) nesta quinta-feira (25), na Escola Superior de Defesa (ESD). Ela também conheceu a estrutura que os alunos da Escola Classe Interlagos, no Altiplano Leste, passam a ter para atividades esportivas, culturais e educativas no contraturno escolar.

Atualmente, 160 crianças são atendidas no Programa Forças no Esporte nas instalações da Escola Superior de Defesa | Foto: Mary Leal/Secretaria de Esporte

Os dias nas instalações da Escola Superior de Defesa (ESD) ficaram mais movimentados com os estudantes participando das aulas de educação no trânsito, karatê, natação, vôlei, futsal, além de oficina de cidadania, reforço escolar e atividades lúdicas nas instalações da unidade.

O Forças no Esporte ocorre em cerca de 140 localidades do país com atividades como basquetebol, futebol de campo, atletismo, capoeira, ginástica rítmica, artística ou olímpica, artes marciais, natação, hipismo, vela, remo, canoagem, jogos de tabuleiro e brincadeiras de rua

“Essas crianças mudam nosso astral. É uma energia muito boa. É bom ver a evolução desses meninos e queremos continuar com esse acompanhamento nos próximos anos”, destacou o Comandante da ESD, vice-almirante Paulo Renato Rohwer.

Atualmente, são 160 crianças atendidas no programa. Elas frequentam a escola num período e quatro vezes por semana participam das atividades do Profesp no contraturno. A iniciativa começou por meio de uma parceria entre a Secretaria de Educação e a ESD.

“As crianças têm ótimas referências a partir do programa. A iniciativa é importante para os estudantes e deve ser fortalecida porque é mais uma oportunidade criada para praticar esporte, ter acesso a cultura e cidadania”, destaca Hélvia Paranaguá, secretária de Educação.

A diretora da Escola Classe Interlagos, Fernanda Fonseca, conta que é nítida a mudança das crianças após o início do programa Forças no Esporte. “Os estudantes estão mais motivados, mais disciplinados e se sentindo mais pertencentes ao contexto escolar, esportivo e social”, afirma.

Primeira-dama, Michelle Bolsonaro, com estudantes da Escola Classe Interlagos | Foto: Mary Leal/Secretaria de Esporte

Madrinha especial

O momento de emoção ficou reservado ao final da cerimônia: a primeira-dama Michelle Bolsonaro recebeu o título de madrinha do Profesp. “Estou muito feliz em saber que o Profesp tem o civismo inclusivo. É uma honra para mim receber o título de madrinha do programa”, destacou.

A primeira-dama comentou ainda que a iniciativa está contribuindo para a transformação de crianças em situação de vulnerabilidade social e deixando um enorme legado na vida desses estudantes.

A solenidade também teve a premiação do Profesp e do Projeto João do Pulo, em que organizações militares da Marinha, do Exército e da Força Aérea receberam premiações pelos destaques nas ações esportivas realizadas durante 2021 com crianças e jovens em várias regiões do país.

Programa Forças no Esporte

O Programa Forças no Esporte foi criado em 2003 e, atualmente, é desenvolvido pelo Ministério da Defesa, em parceria com os ministérios da Cidadania, da Educação e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. As instituições parceiras contribuem com o custeio da alimentação, do pagamento dos professores, da compra de material esportivo e de uniformes. Atualmente, cerca de 29.800 jovens são beneficiados pelas ações, em 203 organizações militares e 322 núcleos.

O programa ocorre em, aproximadamente, 140 localidades do país, com atividades diversificadas, a depender da estrutura de cada organização militar. Há basquetebol, futebol de campo, atletismo, capoeira, ginástica rítmica, artística ou olímpica, artes marciais, natação, hipismo, vela, remo, canoagem, jogos de tabuleiro e brincadeiras de rua. Oferece, ainda, reforço escolar, com preparação para concursos, atividades com música, coral, teatro, visita a museus e promoção da cidadania e do civismo.

Projeto João do Pulo

Criado em 2015 e integrado ao Profesp, o Projeto João do Pulo também é desenvolvido nas organizações militares das Forças Armadas. No PJP, são atendidos 468 beneficiados, em oito estados, em 16 localidades e 17 núcleos.

*Com informações da Secretaria de Esporte

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook

Geral

Vice-governador Paco Britto é homenageado pela Assespro

Publicados

em


O vice-governador Paco Britto foi homenageado com troféu, na noite desta quarta-feira (1°), durante solenidade comemorativa aos 45 anos da Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro). O evento, realizado no Centro Empresarial de Brasília, reuniu cerca de 150 convidados, entre empresários, parlamentares, secretários e dirigentes do setor de TI de todo o Brasil.

Distrito Federal é o terceiro maior mercado de TI do Brasil – são cerca de 30,3 mil vagas nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) | Foto: Jaqueline Husni/Agência Brasília

Com mais de 2,5 mil empresas associadas em todos os estados do Brasil e com regionais em 13 estados da federação, a associação é a mais antiga – foi fundada em 1976, com sede em Brasília – e tem a maior representatividade em âmbito nacional referente às empresas brasileiras do setor – principalmente, em relação às pequenas e médias empresas.

No discurso, Paco Britto comentou sobre o mercado promissor de Tecnologia da Informação (TI) no Distrito Federal. “Brasília é um celeiro de novas empresas de TI. Já é uma realidade. O governo Ibaneis Rocha e Paco Britto tem um olhar especial para a TI do Distrito Federal”, frisou, dirigindo-se ao vice-presidente de Articulação Política da Federação Assespro, Cristian Tadeu, presente à cerimônia.

Redução de alíquotas

Paco ressaltou ainda sobre a redução de alíquotas praticada nesta gestão. “Eu tive a oportunidade de anunciar a redução, no primeiro ano de governo, das alíquotas, para que pudéssemos ficar competitivos junto a outros estados”, lembrou, acrescentando que as entidades que representam essa “população de trabalhadores é uma grande máquina de arrecadação de tributos para o Governo do Distrito Federal”.

Para o presidente da Federação Assespro, Ítalo Nogueira, um dos principais desafios do setor nos próximos anos é a falta de profissionais no setor, agravada ainda mais durante o período da pandemia de covid-19.

Segundo o Sindicato das Indústrias da Informação do Distrito Federal (Sinfor/DF), o Distrito Federal é o terceiro maior mercado de TI do Brasil – são cerca de 30,3 mil vagas nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Ainda de acordo com o sindicato, durante a pandemia, foram abertas por volta de 2 mil empresas de informática e de TI. Mas apesar do crescente número de vagas disponíveis, ainda há falta de mão de obra qualificada para atender ao mercado.

Fato este que foi corroborado por Cristian durante a leitura de um manifesto, para marcar a data comemorativa da Assespro. O teor do documento foi resultado de uma reunião do Conselho de Administração, realizada na manhã desta quarta-feira (1°), em defesa de políticas públicas que evitem o apagão de mão de obra do setor. “O momento exige união para evitar o apagão tecnológico”, resumiu.

Também foi citada nos discursos, pelos dirigentes, a competitividade tecnológica do país, bem como a geração e preenchimento de empregos de qualidade. Ao longo dessas quatro décadas, a entidade vem defendendo os interesses das empresas nacionais e a indústria nacional da Tecnologia da Informação.

Integração

Representante do setor junto aos governos municipais, estaduais e federal, bem como a sociedade, e perante as instituições de ensino, a Assespro tem o objetivo de integrar a comunidade acadêmica com a empresarial e contribuir para formação de pessoal capacitado para as demandas do mercado.

A Assespro foi criada com o intuito de representar de forma distinta e empreendedora, empresas privadas nacionais produtoras e desenvolvedoras de software, produtos e serviços de tecnologia da informação, telecomunicações e internet.

Com informações da Assespro

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook
Continue lendo

GOIÁS

MINAS GERAIS

DISTRITO FEDERAL

POLÍTICA NACIONAL

MAIS LIDAS DA SEMANA