Geral

Programa do GDF leva tenista para participar de torneio internacional

Publicado

em


Mais um esportista da capital federal embarcou para um desafio profissional por meio do programa Compete Brasília. O tenista Enzo Alcoforado, de 13 anos, participa do circuito internacional da modalidade promovido pela Confederação Sul-Americana de Tênis (Cosat) em três países da América do Sul. Nesta semana, acompanhado pelos responsáveis, o esportista compareceu à Secretaria de Esporte e Lazer (SEL) para retirar as passagens aéreas.

Enzo Alcoforado: “Acredito que esse projeto muda a vida e coloca o esporte do DF um passo à frente no Brasil” | Foto: Divulgação/SEL

A primeira parada será em Cali, na Colômbia, onde ele compete no período deste sábado (15) ao dia 22. Em seguida, o jovem segue para Guaiaquil, no Equador, para enfrentar novos embates até o dia 29. Por fim, conclui o roteiro esportivo em Chosica, província próxima a Lima (Peru) para participar das últimas partidas do circuito, que termina em 5 de fevereiro.

1.233 esportistas olímpicos e paralímpicos de alto rendimento foram beneficiados pelo programa Compete Brasília em 2021

Enzo, que treina no Clube Nipo, entra nas disputas individuais da categoria Sub-14. Entre participações, já marcou presença em etapas do Orange Bowl, um dos mais conceituados da modalidade.

“Sou eternamente grato ao Compete Brasília e tudo que tem feito por mim”, diz o adolescente. “Mudou a minha vida. Graças ao programa, eu consigo viajar para torneios fortes e de alto rendimento, dos quais não teria condições financeiras de participar. Com isso, tenho condições de jogar mais e mais torneios e automaticamente ganhando mais experiência, o que me torna um jogador melhor. Acredito que esse projeto muda a vida e coloca o esporte do DF um passo à frente no Brasil.”

Em 2021, o programa Compete Brasília concedeu passagens terrestres e aéreas a 1.233 esportistas olímpicos e paralímpicos de alto rendimento. “Esse é um dos nossos programas mais importantes, porque apoia diretamente os atletas em competições e torneios”, afirma a secretária de Esporte e Lazer, Giselle Ferreira. “Em 2022, vamos repetir e melhorar o sucesso do ano anterior, que ficou marcado pelo retorno das competições esportivas”.

*Com informações da Secretaria de Esporte e Lazer

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook
Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Praça do Gavião, no Cruzeiro, vai ganhar novo campo sintético

Publicados

em


O GDF iniciou um amplo projeto de recuperação da Praça Gavião, no Cruzeiro Velho, localizada na quadra 5. Inicialmente está sendo construído um campo sintético, que deve ficar pronto ainda este mês. O valor do investimento para essa ação é de R$ 650 mil, verba executada por meio de emenda parlamentar do distrital Reginaldo Sardinha.

Na sequência, serão construídas ainda duas quadras de areia, diversificando as modalidades de práticas esportivas na cidade. O custo desses dois espaços é de quase R$ 140 mil.

A primeira fase do projeto, a construção da base do campo, já foi finalizada. Agora é só esperar a execução da segunda parte, que consiste na colocação do tapete, além da montagem dos alambrados e arquibancadas| Foto: Lucio Bernardo Jr./Agência Brasília

“Antes existia uma quadra de futebol comum ali mas, a partir de demanda da população, optamos em construir um campo sintético”, conta Kleyce Oliveira Silva, chefe de gabinete da Administração Regional do Cruzeiro. “Assim que terminar a construção do campo sintético, começam as obras das quadras de areia. Priorizamos as demandas do Cruzeiro Velho, que sempre ficaram à mercê das ações em relação ao Cruzeiro Novo”, diz.

“Estamos construindo e reformando dez campos sintéticos em todo o DF, esse do Cruzeiro é um deles e faz parte de um amplo projeto de democratização dos espaços esportivos da cidade”Gisele Ferreira, secretária de Esportes e Lazer

O campo society mede 880 metros quadrados. Ao todo, 20 homens trabalham nessa obra que receberá, em média, até 100 pessoas por final de semana. A primeira fase do projeto, a construção da base do campo, já foi finalizada. Agora é só esperar a execução da segunda parte da empreitada, que consiste na colocação do tapete, além da montagem dos alambrados e arquibancadas.

A obra faz parte de um pacote de iniciativas do Governo do Distrito Federal para, por meio da Secretaria de Esporte e Lazer, atender as demandas da população nas áreas de lazer e práticas esportivas. Além do Cruzeiro, Taguatinga, Ceilândia, Riacho Fundo II, Recanto das Emas, Gama, Sobradinho II e Planaltina vão ganhar ou terão seus campos sintéticos recuperados.

“Essa segunda da fase da obra é mais rápida, fica pronta, no máximo, em uma semana”, explica Ozeias de Paulo Marques, chefe da Assessoria de Obras e Infraestrutura da Secretaria de Esportes. “Estamos construindo e reformando dez campos sintéticos em todo o DF, esse do Cruzeiro é um deles e faz parte de um amplo projeto de democratização dos espaços esportivos da cidade”, destaca a secretária de Esporte e Lazer, Gisele Ferreira.

“Agora vai ficar ótimo, é um resgate importante, trazendo de volta um lugar bastante usado pelos jovens”, elogia a advogada Marcela Moraes, moradora da região | Foto: Lucio Bernardo Jr./Agência Brasília

Moradora há mais seis anos do setor, a advogada Marcela Moraes, 40 anos, acha a iniciativa do GDF de reformar o antigo campo society excelente . Sobretudo porque potencializa as práticas esportivas entre os jovens. “Aqui funcionava uma escolinha particular de futebol que parou porque as condições do lugar estavam péssimas, com tudo solto, bem ruim mesmo”, conta. “Agora vai ficar ótimo, é um resgate importante, trazendo de volta um lugar bastante usado pelos jovens”, emenda.

Funcionário público aposentado, Eder Jorge, 53, mora há cinco anos no Cruzeiro. Ele garante que a recuperação de toda a praça, um espaço cativo na região, mexe com a autoestima da população. “Ninguém gosta de ver a cidade suja, largada, com os espaços públicos abandonados”, observa. “O novo campo vai trazer alegria e mais vida para o local, assim como os outros novos espaços”, defende.

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook
Continue lendo

GOIÁS

MINAS GERAIS

DISTRITO FEDERAL

POLÍTICA NACIONAL

MAIS LIDAS DA SEMANA