Geral

Parceria entre Setur e Emater fortalece o turismo rural

Publicado

em


“A nossa ideia é somar as ações da Emater com os projetos da Setur. Precisamos caminhar juntos, pelo nosso governo” Denise Fonseca, presidente da Emater

Um novo olhar para o turismo rural tem transformado o cenário das famílias agricultoras do Distrito Federal e Entorno. Durante o período de pandemia, houve um acréscimo de 40% na busca pelo segmento. Com a meta de fortalecer ainda mais esse novo cenário e unir forças para novos projetos, representantes da Secretaria de Turismo (Setur) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal (Emater) se reuniram esta semana, para um alinhamento entre o projetos conjuntos que podem impulsionar esse segmento da economia.

A secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, e a presidente da Emater, Denise Fonseca: ações conjuntas para impulsionar turismo e economia | Foto: Sarah Magri/Setur

“A parceria com a Emater significa levar crescimento e desenvolvimento ao campo pela ótica do turismo” Vanessa Mendonça, secretária de Turismo

A secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, visitou a Emater a convite da presidente da empresa, Denise Fonseca, para conhecer os trabalhos já implantados com as famílias agricultoras. Denise lembrou que essa parceria é importante para todo o DF. “A nossa ideia é somar as ações da Emater com os projetos da Setur”, disse. “Precisamos caminhar juntos, pelo nosso governo.”

A titular da Setur também reforça que este é o momento de unir esforços para obter resultados ainda mais expressivos. “O nosso governo trabalha integrado”, afirmou. “Recebemos a missão do nosso governador para servir a todos os cidadãos do Distrito Federal; assim, a parceria com a Emater significa levar crescimento e desenvolvimento ao campo pela ótica do turismo”.

Durante a reunião, foram apresentados temas e projetos de qualificação dos itens produzidos nas regiões rurais, otimização da venda direta, desenvolvimento do turismo rural dentro das propriedades e promoção da interação entre  produtor rural e proprietários de empreendimentos turísticos já consolidados.

A secretária de Turismo citou projetos da pasta que impactam diretamente a área rural do DF. Entre esses, destacou, estão a Rota do Cavalo, a Rota do Cerrado e o Turismo em Ação, que geram emprego, renda e melhoria no setor rural e na atividade turística do DF.

*Com informações da Secretaria de Turismo

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook

Geral

Mutirão do fim de semana aplicou 13,2 mil segundas doses

Publicados

em


Neste fim de semana, a Secretaria de Saúde promoveu um mutirão de vacinação em segunda dose contra a covid-19, com 15 pontos disponibilizados no sábado (31) e 11 no domingo (1). A ação alcançou a expressiva marca de 13.288 doses aplicadas, somando as segundas doses e as doses únicas.

Desta forma, o Distrito Federal já tem 26% da população acima de 18 anos imunizada contra a covid-19 e passa a ser a oitava unidade da federação que mais vacina no Brasil.

O mutirão foi realizado em 15 pontos no sábado (31) e em 11 no domingo (1) | Fotos: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

O relatório de vacinação aponta que 538.876 pessoas já receberam a segunda dose de vacina (CoronaVac ou AstraZeneca) e 52.344 já receberam a dose única, com o imunizante Janssen.

Para suprir as bases de vacinação e a alta demanda ao longo dos dois dias, mais de 70 mil doses foram distribuídas pela Rede de Frio Central.

Pessoas que estavam com data marcada no cartão para receberem a segunda dose até o dia 6 de agosto também puderam procurar os pontos de vacinação neste fim de semana. A vacina foi antecipada apenas para quem recebeu os imunizantes da AstraZeneca e CoronaVac.

13.288doses foram aplicadas nos dois dias, somando segundas doses e doses únicas

A previsão é de que, para o mês de agosto, sejam aplicadas 250 mil segundas doses. Estão incluídos no quantitativo aqueles que tomaram a primeira dose da AstraZeneca e da Pfizer, em maio, e os que receberam a primeira dose da CoronaVac, em julho.

D2 da Pfizer

A partir desta segunda-feira (2), começa a imunização das pessoas que receberam a primeira dose de vacina da Pfizer, de acordo com a data que está prevista no cartão de vacinação do usuário, dado o intervalo de até 90 dias entre doses. A Secretaria de Saúde ainda não está antecipando a segunda dose da Pfizer.

Também estarão sendo vacinadas nos mesmos locais gestantes e puérperas, tanto para primeira dose como para segunda dose, da mesma forma, sem agendamento. A vacina da Pfizer em segunda dose e para as gestantes e puérperas estará disponível nos locais a seguir:

Lista de locais de vacinação segunda dose Pfizer, gestantes e puérperas

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook
Continue lendo

GOIÁS

MINAS GERAIS

DISTRITO FEDERAL

POLÍTICA NACIONAL

MAIS LIDAS DA SEMANA