Geral

Operação DF Livre de Carcaças chega a Águas Claras

Publicado

em


Com a ação realizada em Águas Claras nesta quarta-feira (21), chega a 651 o total de carros abandonados retirados das ruas do Distrito Federal, desde o início da Operação DF Livre de Carcaças, em fevereiro de 2020. Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), a ação está alinhada com as medidas da Sala Distrital Permanente de Coordenação e Controle das ações de enfrentamento às doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, do Governo do Distrito Federal (GDF).

Foto: Divulgação/SSP
De acordo com o secretário de Segurança, delegado Júlio Danilo, o comprometimento dos órgãos é primordial para a operação, alinhada com as medidas do GDF para o controle da dengue e demais arboviroses | Foto: Divulgação/SSP

Participam da operação as secretarias de Cidades, Executiva de Políticas Públicas e DF Legal, o Departamento de Trânsito (Detran), a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e a Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) da Secretaria de Saúde. A Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) também atuam junto às equipes.

Os carros recolhidos passam por controle vetorial feito por agentes da Vigilância Ambiental, da Secretaria de Saúde. O material é levado para o depósito do 3º Distrito Rodoviário, do DER-DF

“Esta é uma ação pioneira e já ultrapassamos a marca de 600 carcaças retiradas das ruas do DF. O comprometimento dos órgãos envolvidos tem sido primordial para continuidade da operação, que está alinhada com as medidas do GDF para o controle da dengue e demais arboviroses”, avalia o secretário de Segurança Pública, delegado Júlio Danilo.

De acordo com o secretário, a Operação DF Livre de Carcaças tem sido empregada nos programas implementados pela pasta, pela efetividade no aumento da sensação de segurança da população. “Temos incluído a operação na programação dos projetos implementados pela SSP/DF, como é o caso da Cidade da Segurança e Área de Segurança Prioritária. A limpeza da cidade e organização de desordens incide diretamente na segurança dos moradores”, explica.

Os carros recolhidos passam por controle vetorial realizado por agentes da Vigilância Ambiental, da Secretaria de Saúde. O material é levado para o depósito do 3º Distrito Rodoviário, do DER-DF.

Águas Claras é a 23ª região a receber as equipes. “A escolha da cidade depende do mapeamento realizado. Contamos com o apoio irrestrito dos Conselhos de Segurança (Consegs) e das administrações regionais. A população também participa, com o envio de informações para nosso e-mail”, ressalta o coordenador dos conselhos de segurança da SSP, Marcelo Batista.

Para o administrador regional de Águas Claras, André Queiroz, a operação é de extrema importância, pois é uma demanda recorrente dos moradores da região. “Com a retirada dos carros abandonados podemos agregar maior segurança para a população, além da eliminação de eventuais focos do mosquito Aedes aegypti“, afirma.

*Com informações da Secretaria de Segurança Pública

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook
Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Mutirão do fim de semana aplicou 13,2 mil segundas doses

Publicados

em


Neste fim de semana, a Secretaria de Saúde promoveu um mutirão de vacinação em segunda dose contra a covid-19, com 15 pontos disponibilizados no sábado (31) e 11 no domingo (1). A ação alcançou a expressiva marca de 13.288 doses aplicadas, somando as segundas doses e as doses únicas.

Desta forma, o Distrito Federal já tem 26% da população acima de 18 anos imunizada contra a covid-19 e passa a ser a oitava unidade da federação que mais vacina no Brasil.

O mutirão foi realizado em 15 pontos no sábado (31) e em 11 no domingo (1) | Fotos: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

O relatório de vacinação aponta que 538.876 pessoas já receberam a segunda dose de vacina (CoronaVac ou AstraZeneca) e 52.344 já receberam a dose única, com o imunizante Janssen.

Para suprir as bases de vacinação e a alta demanda ao longo dos dois dias, mais de 70 mil doses foram distribuídas pela Rede de Frio Central.

Pessoas que estavam com data marcada no cartão para receberem a segunda dose até o dia 6 de agosto também puderam procurar os pontos de vacinação neste fim de semana. A vacina foi antecipada apenas para quem recebeu os imunizantes da AstraZeneca e CoronaVac.

13.288doses foram aplicadas nos dois dias, somando segundas doses e doses únicas

A previsão é de que, para o mês de agosto, sejam aplicadas 250 mil segundas doses. Estão incluídos no quantitativo aqueles que tomaram a primeira dose da AstraZeneca e da Pfizer, em maio, e os que receberam a primeira dose da CoronaVac, em julho.

D2 da Pfizer

A partir desta segunda-feira (2), começa a imunização das pessoas que receberam a primeira dose de vacina da Pfizer, de acordo com a data que está prevista no cartão de vacinação do usuário, dado o intervalo de até 90 dias entre doses. A Secretaria de Saúde ainda não está antecipando a segunda dose da Pfizer.

Também estarão sendo vacinadas nos mesmos locais gestantes e puérperas, tanto para primeira dose como para segunda dose, da mesma forma, sem agendamento. A vacina da Pfizer em segunda dose e para as gestantes e puérperas estará disponível nos locais a seguir:

Lista de locais de vacinação segunda dose Pfizer, gestantes e puérperas

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook
Continue lendo

GOIÁS

MINAS GERAIS

DISTRITO FEDERAL

POLÍTICA NACIONAL

MAIS LIDAS DA SEMANA