Geral

GDF fará mutirão para vacinar público acima de 37 anos

Publicado

em


O Governo do Distrito Federal (GDF) fará um mutirão de vacinação contra a covid-19 a partir desta sexta-feira (23). Serão em torno de 100 postos disponíveis para a aplicação da vacina em toda a capital federal na sexta, sábado e domingo. O objetivo é dar mais celeridade ao processo de imunização no DF. O público-alvo é quem tem 37 anos ou mais.

O horário de funcionamento e a relação dos postos que vão integrar o mutirão serão divulgados nesta quinta (22) pela Secretaria de Saúde | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

“Esperamos que a vacinação ocorra com a maior eficiência e tranquilidade possível. O objetivo é diminuir e organizar da melhor forma possível as filas e evitar aglomerações”Gustavo Rocha, secretário da Casa Civil

A medida foi anunciada na tarde desta quarta-feira (21), durante coletiva de imprensa da Saúde, no Palácio do Buriti. Os atuais 54 pontos de vacinação disponibilizados pela Secretaria de Saúde praticamente dobrarão, conforme lembrou o chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha. Não será necessário agendamento prévio pela internet.

“Esses postos serão divididos entre os que vão aplicar a primeira dose e os que darão a segunda”, explicou Rocha. “Além disso, a Polícia Militar e agentes de saúde vão monitorar os pontos de vacinação. O objetivo é informar a população de quantas doses estão dispostas naquele ponto e se efetivamente terá a vacina quando chegar a vez da pessoa”, acrescentou. Confira o vídeo da coletiva:

Horário de funcionamento e locais serão divulgados

O avanço na imunização é possível com a chegada de cerca de 87 mil doses de vacinas, entregues pelo Ministério da Saúde. O horário de funcionamento e a relação dos postos que vão integrar o mutirão serão divulgados nesta quinta (22) pela Secretaria de Saúde.

“Esperamos que a vacinação ocorra com a maior eficiência e tranquilidade possível. O objetivo é diminuir e organizar da melhor forma possível as filas e evitar aglomerações”, disse o titular da Casa Civil.

Na coletiva, foi informado ainda que há um quantitativo de cerca de 180 mil pessoas a serem imunizadas com a segunda dose até o fim de julho. Segundo o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, 170 mil vacinas estão na Rede de Frio da Saúde e o restante virá nas próximas remessas enviadas pelo Ministério. “Insistimos aqui que é fundamental fazer a segunda dose corretamente, pois só assim se completa o ciclo de imunização”, finalizou o secretário.

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook
Continue lendo
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Mutirão do fim de semana aplicou 13,2 mil segundas doses

Publicados

em


Neste fim de semana, a Secretaria de Saúde promoveu um mutirão de vacinação em segunda dose contra a covid-19, com 15 pontos disponibilizados no sábado (31) e 11 no domingo (1). A ação alcançou a expressiva marca de 13.288 doses aplicadas, somando as segundas doses e as doses únicas.

Desta forma, o Distrito Federal já tem 26% da população acima de 18 anos imunizada contra a covid-19 e passa a ser a oitava unidade da federação que mais vacina no Brasil.

O mutirão foi realizado em 15 pontos no sábado (31) e em 11 no domingo (1) | Fotos: Geovana Albuquerque/Agência Saúde-DF

O relatório de vacinação aponta que 538.876 pessoas já receberam a segunda dose de vacina (CoronaVac ou AstraZeneca) e 52.344 já receberam a dose única, com o imunizante Janssen.

Para suprir as bases de vacinação e a alta demanda ao longo dos dois dias, mais de 70 mil doses foram distribuídas pela Rede de Frio Central.

Pessoas que estavam com data marcada no cartão para receberem a segunda dose até o dia 6 de agosto também puderam procurar os pontos de vacinação neste fim de semana. A vacina foi antecipada apenas para quem recebeu os imunizantes da AstraZeneca e CoronaVac.

13.288doses foram aplicadas nos dois dias, somando segundas doses e doses únicas

A previsão é de que, para o mês de agosto, sejam aplicadas 250 mil segundas doses. Estão incluídos no quantitativo aqueles que tomaram a primeira dose da AstraZeneca e da Pfizer, em maio, e os que receberam a primeira dose da CoronaVac, em julho.

D2 da Pfizer

A partir desta segunda-feira (2), começa a imunização das pessoas que receberam a primeira dose de vacina da Pfizer, de acordo com a data que está prevista no cartão de vacinação do usuário, dado o intervalo de até 90 dias entre doses. A Secretaria de Saúde ainda não está antecipando a segunda dose da Pfizer.

Também estarão sendo vacinadas nos mesmos locais gestantes e puérperas, tanto para primeira dose como para segunda dose, da mesma forma, sem agendamento. A vacina da Pfizer em segunda dose e para as gestantes e puérperas estará disponível nos locais a seguir:

Lista de locais de vacinação segunda dose Pfizer, gestantes e puérperas

*Com informações da Secretaria de Saúde do DF

Fonte: Governo DF

Comentários do Facebook
Continue lendo

GOIÁS

MINAS GERAIS

DISTRITO FEDERAL

POLÍTICA NACIONAL

MAIS LIDAS DA SEMANA