Cidades

Caiado destina R$ 9,9 milhões em investimentos para escolas estaduais em Goiânia

Publicado

em

O governador Ronaldo Caiado inaugurou, nesta quarta-feira (22/06), o Colégio Estadual Benedito Lucimar Hesketh da Silva, no Jardim Marques de Abreu, em Goiânia. A estrutura vai beneficiar 920 alunos da rede pública estadual e teve um investimento de R$ 4,5 milhões. No mesmo evento, foram autorizadas obras de reforma e de ampliação em seis unidades de ensino localizadas na Capital com valor total de R$ 5,4 milhões.

“É o segmento, de longe, mais importante para que a gente possa dar liberdade e condições dignas a uma pessoa”, destacou o governador Ronaldo Caiado ao citar a atuação para transformar a educação pública em Goiás. Somente em Goiânia foram aplicados R$ 228 milhões, desde 2019. “Não fazemos economia, porque educação é investimento. Temos 1.049 escolas sendo motivo de reconhecimento nacional”, reforçou. Somente na Capital, são 36 obras em andamento na rede estadual. “Já fizemos uma revolução na educação de Goiás e vamos melhorar muito ainda”, frisou ao falar aos estudantes.

O empenho do governador culminou na entrega da escola que enfrentou uma série de problemas desde o início da construção do prédio em 2009 e que sofreu também um incêndio em 2016. Em função desse histórico, estudantes e professores eram acomodados em uma estrutura modular, posteriormente trocada por salas com placas de cimento. Por determinação de Caiado, houve a rescisão do contrato com a antiga construtora e as dívidas foram quitadas em agosto de 2021. “São dezenas de escolas que estamos entregando, largadas há 10, 14 anos”, pontuou Caiado.

Renovação

A escola atende nos três turnos e está estruturada com 12 salas de aula, biblioteca, dois laboratórios (Ciências e Informática), bloco administrativo, sala dos professores, auditório, cozinha, pátio coberto com refeitório, banheiros, vestiários, sala para o grêmio estudantil, estacionamento interno e ampla área de convivência. Com a inauguração da obra, o local onde hoje existem salas modulares e de placas dará lugar a um ginásio coberto. “Na semana que vem, a empresa já entra aqui e vai levantar a quadra poliesportiva”, explicou a titular da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Fátima Gavioli.

A diretora da escola, Nara Queiroz, lembrou que, por muitos anos, a resposta para os problemas enfrentados era incerta, mas esse cenário mudou em 2019. “Quando o governador assumiu logo me disse que teríamos a escola pronta. O compromisso foi feito e realizado”, destacou. Mãe de estudante, Silvana dos Santos falou em nome da comunidade. “A escola já é boa em si. Eu tenho certeza de que, com essa nova estrutura, vai ficar ainda melhor”, disse. “Nós honraremos essa bela construção com aulas maravilhosas. Toda nossa gratidão, governador”, afirmou a professora Maria de Lourdes Caixeta.

Compromisso

“Estamos entregando mais do que uma obra, estamos resgatando um compromisso. Nós sabemos o impacto que um colégio dessa qualidade tem para a região”, afirmou o vice-governador Lincoln Tejota. “Entregamos uma educação à altura do que o nosso povo merece”, concluiu. Vereador por Goiânia, Anselmo Pereira falou em nome da família do homenageado que denomina a escola, seu pai. “O governador não deixa mesmo é de levar educação, transformando os goianos em cidadãos”, destacou ao falar que Caiado não deixa de atender outras áreas.

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, enalteceu a capacidade do governador de canalizar o esforço da gestão pública para o bem da sociedade. “Tem entregue trabalhos de qualidade para a população goianiense. Fico honrado em ter escolas estaduais nesse nível. É uma estrutura de qualidade que, em muitas escolas particulares da nossa cidade, não existe”, avaliou ao frisar que a parceria com Caiado “é duradoura”.

Mais recursos

Durante o evento, Caiado anunciou mais R$ 5,4 milhões para infraestrutura da rede estadual de educação em Goiânia. A destinação de recursos foi oficializada com assinatura de ordem de serviço para a reforma e/ou ampliação de mais seis unidades de ensino. Segundo cronograma da Seduc, o Colégio Estadual (CE) Robinho Martins Azevedo passará por reforma geral. Cinco unidades receberão reforma e ampliação: CE Major Alberto Nóbrega, Centro de Ensino em Período Integral (Cepi) Juvenal José Pedroso, Cepi Professor Sebastião França, CE Vida Nova e CE Tancredo de Almeida Neves.

Acompanharam o governador no evento o deputado federal Delegado Waldir; os deputados estaduais Wagner Neto, Coronel Adailton; o prefeito de Corumbá de Goiás, Chico Vaca; a ex-prefeita da cidade de Goiás, Selma Bastos; equipe de governo, professores, estudantes e comunidade escolar.

Fonte: Secretaria de Comunicação (Secom)

Fonte: Governo GO

Comentários do Facebook

Cidades

TCE aprova gestão patrimonial do Governo de Goiás sem recomendações

Publicados

em

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) emitiu, na última terça-feira (28/6), parecer prévio pela aprovação do Balanço Geral do Estado de Goiás referente ao ano de 2021. As ações desenvolvidas pela área responsável pelo patrimônio estadual, unidade vinculada à Secretaria da Administração (Sead), contribuíram para a decisão do órgão fiscalizador. Pela primeira vez em 21 anos, a Corte não apresentou determinação ou recomendação relacionada à gestão patrimonial dos bens públicos.

O resultado evidencia a boa atuação da Superintendência Central de Patrimônio na gestão responsável do patrimônio público. No parecer, o Tribunal reconheceu “o posicionamento da unidade especializada, considerando ter sido verificado o comprometimento dos responsáveis envolvidos”. A Corte ressaltou ainda que “vem acompanhando a evolução das medidas inerentes à necessária conciliação entre os inventários realizados e a realizar, com os respectivos registros contábeis patrimoniais do Estado. Em 2021, foi possível constatar o aprimoramento da gestão patrimonial do Estado na direção estabelecida pelos institutos legais e normativos pertinentes”.

O Programa Inventário envolve a contagem de todos os bens móveis e imóveis do Estado. Na primeira edição do programa, a atual gestão identificou o descaso com o qual o setor era tratado. À época, mais de 25% dos bens móveis do inventário de 2019 não foram encontrados. A realidade hoje é outra. A equipe da Sead atuou para sanar as irregularidades, corrigindo e atualizando essa documentação, hoje com 1.610.894 bens móveis e 4.654 bens imóveis.

Titular da Sead, Bruno D’Abadia avaliou que o parecer do TCE reflete uma mudança de cultura na gestão, que vai muito além do cumprimento formal de uma obrigação. “Nós conseguimos garantir aquilo que é princípio norteador de uma boa administração: o respeito à coisa pública, o zelo com o patrimônio de todos os goianos”, pontuou.

Fonte: Governo GO

Comentários do Facebook
Continue lendo

GOIÁS

MINAS GERAIS

DISTRITO FEDERAL

POLÍTICA NACIONAL

MAIS LIDAS DA SEMANA