Cidades

5ª edição do evento leva programação cultural à população da região Oeste

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Cultura (Secult) levará entretenimento cultural à população da região Oeste de Goiânia e de Trindade durante o 5º Mutirão Governo de Goiás, que será realizado neste final de semana (14 e 15/05), na Avenida Argentina Monteiro, no Conjunto Vera Cruz. Mais uma vez, a programação conta com shows de música popular, pop rock e sertaneja, teatro de fantoches para as crianças, danças urbanas e o já tradicional espaço lúdico em torno da Gibiteca Móvel Jorge Braga, presente desde a 1º edição.

A abertura da programação, por volta das 9h30 de sábado, fica por conta do Grupo de Sopros e do Quinteto de metais da Orquestra Jovem de Goiás, com música instrumental. O violeiro Almir Pessoa vai animar o evento com o melhor da moda de viola até às 11h e, na sequência, Mano CDJ, Jéssica Ayo e DJ Arthur levam cultura para o palco, com show de hip-hop. Para encerrar a manhã de sábado, Jaqueline Moura interpreta músicas sertanejas famosas para o público do 5º mutirão.

A programação da tarde será iniciada com foco no público infantil, com apresentação do Teatro de Fantoches da Saneago, a partir das 13h. O grupo Negra Tinta se apresenta com danças urbanas, seguido por mais cultura de rua, com o hip-hop de Lukinha 062 e RPR MC´s. Das 15h até o final do primeiro dia, o palco ficará aberto para apresentações da comunidade.

Domingo começa com o clima lúdico do Teatro de Fantoches, às 9h. Depois, Fernando Boi embala os presentes com o melhor da música popular, seguido pelo pop rock da dupla Musike.band, até às 11h30. Até o final do evento, novamente, o palco do mutirão ficará aberto para talentos da região Oeste que queiram se apresentar.

Mais serviços

A 5ª edição do Mutirão Governo de Goiás, realizado em parceria com a Prefeitura de Goiânia, vai disponibilizar diversos serviços gratuitos à população de 148 bairros da região Oeste da capital e de Trindade. Dentre os atendimentos e serviços estão entregas de 17,9 mil cartões do Bolsa Estudo, 2,4 mil cartões do Mães de Goiás e mil cartões do Pra Onde Morar – Aluguel Social, além de doações por meio da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG); oferta de serviços do Vapt Vupt e do Expresso Totem e de mais de 1,5 mil vagas de emprego e cursos de capacitação.

Serviço:

Assunto: 5º Mutirão Governo de Goiás

Quando: Sábado (14/05), das 8 às 16h, e Domingo (15/5), das 8 às 12h

Onde: Avenida Argentina Monteiro, Conjunto Vera Cruz, Goiânia

Fonte: Secom – Governo de Goiás

Fonte: Governo GO

Comentários do Facebook

Cidades

TCE aprova gestão patrimonial do Governo de Goiás sem recomendações

Publicados

em

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) emitiu, na última terça-feira (28/6), parecer prévio pela aprovação do Balanço Geral do Estado de Goiás referente ao ano de 2021. As ações desenvolvidas pela área responsável pelo patrimônio estadual, unidade vinculada à Secretaria da Administração (Sead), contribuíram para a decisão do órgão fiscalizador. Pela primeira vez em 21 anos, a Corte não apresentou determinação ou recomendação relacionada à gestão patrimonial dos bens públicos.

O resultado evidencia a boa atuação da Superintendência Central de Patrimônio na gestão responsável do patrimônio público. No parecer, o Tribunal reconheceu “o posicionamento da unidade especializada, considerando ter sido verificado o comprometimento dos responsáveis envolvidos”. A Corte ressaltou ainda que “vem acompanhando a evolução das medidas inerentes à necessária conciliação entre os inventários realizados e a realizar, com os respectivos registros contábeis patrimoniais do Estado. Em 2021, foi possível constatar o aprimoramento da gestão patrimonial do Estado na direção estabelecida pelos institutos legais e normativos pertinentes”.

O Programa Inventário envolve a contagem de todos os bens móveis e imóveis do Estado. Na primeira edição do programa, a atual gestão identificou o descaso com o qual o setor era tratado. À época, mais de 25% dos bens móveis do inventário de 2019 não foram encontrados. A realidade hoje é outra. A equipe da Sead atuou para sanar as irregularidades, corrigindo e atualizando essa documentação, hoje com 1.610.894 bens móveis e 4.654 bens imóveis.

Titular da Sead, Bruno D’Abadia avaliou que o parecer do TCE reflete uma mudança de cultura na gestão, que vai muito além do cumprimento formal de uma obrigação. “Nós conseguimos garantir aquilo que é princípio norteador de uma boa administração: o respeito à coisa pública, o zelo com o patrimônio de todos os goianos”, pontuou.

Fonte: Governo GO

Comentários do Facebook
Continue lendo

GOIÁS

MINAS GERAIS

DISTRITO FEDERAL

POLÍTICA NACIONAL

MAIS LIDAS DA SEMANA